Fechamento do Ibovespa e cotação do dólar desta quinta (08/08)

PUBLICIDADE

O Ibovespa conseguiu retomar os 104 mil pontos nesta quinta. Isso acompanhado dos ganhos das bolsas internacionais. A China deixou os investidores animados. Isso aconteceu pois refletiu a desvalorização do yuan. Os economistas ficaram surpresos pois esperavam isso um patamar acima. O yuan foi fixado com 7,0039 por dólar.

Portanto o Ibovespa subiu 1,3% a 104.115 pontos. O volume financeiro negociado de R$ 20,04 bilhões. O dólar deu uma recuada de 1,21% a R$3,926 para quem deseja comprar. Para a venda está R$ 3,9267. A previsão para o dólar, com o vencimento em setembro cai 1,07% a R$ 3,9335. 

Previdência

Após a rejeição de todos os destaques apresentados pela oposição do texto da reforma, o mercado comemorou. O texto apresentava uma proposta de economia de R$ 933 bilhões para os cofres públicos, isso aconteceria em dez anos. 

A proposta já está na mão do Rodrigo Maia, presidente da Câmara. Também já foi recebida pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre. O presidente do senado elogiou Maia pela sua liderança na negociação. Dizendo que há harmonia entre os poderes e maturidade entre os políticos. Onde se referia ao trabalho em conjunto dos governistas e congressistas. 

Tasso Jereissati, defendeu a rapidez na aprovação da proposta. Disse que as alterações que foram apresentadas sejam feitas paralelamente, para que não precise voltar para a Câmara dos Deputados. Defende que a reforma da Previdência não se adie para o ano que vem. 

Comércio Chinês

Comparado com o ano passado as vendas externas chinesas em dólar, teve um aumento de 3,3%. Já as importações caíram 5,6% no mesmo período. Segundo a alfândega, o superávit comercial da China no mês de julho, foi de US$ 45,06 bilhões. 

Em relação ao comercial chinês com o americano, o superávit foi de US 27,97 bilhões em julho. Ficando abaixo dos US$ 29,92 do mês passado. Totalizando desde o começo do ano até julho, o superávit da China com os EUA deu um total de US$ 168,5 bilhões.

O gerente de portfólio da Allianz Global Investors, Lu Yu à CNBC, disse que está ajudando a desvalorização do yuan. Ajuda a China exportar mais, não só para os Estados Unidos. Porque além de diminuir o impacto do aumento das tarifas, também ajuda a exportar para outros países.

Essas informações foram retiradas do Banco Central.

 

Aviso:
O portal INFOS BRASIL é um site jornalístico, com finalidade informativa, não vendemos produtos ou serviços e você não poderá se cadastrar ou adquirir serviços. Para mais informações acesse nosso TERMOS DE USO.


Leave a Reply